SANTA LUZIA: Denuncias na merenda escolar serão investigadas

Por seis votos a 3, a Câmara de Vereadores de Santa Luzia aprovou a instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar denúncias de corrupção nas áreas de educação e saúde.
O prefeito Ismar Santana (PTB) é acusado de promover desvios do dinheiro da merenda escolar e favorecer filho e uma “casta” de médicos e dentistas com pagamentos de salários de até R$ 14 mil, segundo o vereador Rogério Pereira (PSC).
O filho de Ismar Santana, Bruno Santana, ganharia R$ 8 mil para atuar como coordenador de saúde bucal da sede e do interior do município, mas, segundo os vereadores que assinaram a CEI, Bruno não trabalha em Santa Luzia, mas em Camacan.
Os indícios de desvios de recursos da merenda escolar são investigados pelo Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal (relembre aqui). Conforme apurou o procurador da República, Eduardo El Hage, o cardápio da merenda tem se restringido a arroz doce e mingau de mugunzá, além de uma sopa de vez em quando.

 Fonte: Pimenta


0 comentários:

Postar um comentário